The Lizzie Bennet Diaries

segunda-feira, 4 de junho de 2012


Há algum tempo, li sobre The Lizzie Bennet Diaries no Nem um pouco épico e no Jane Austen Brasil, mas não dei muita importância. Depois vi o Felipe, a Vanessa e a Annie comentando  no Twitter, mas, ainda assim, fiquei com preguiça de conferir. Até sexta-feira, quando o sono não chegava, e eu já não tinha nada de interessante pra fazer. A intenção era apenas "dar uma olhadinha". Quando percebi, já eram quase duas da madrugada, e eu já tinha visto os dezessete vídeos disponíveis no canal.

Para quem não conhece (Oi? Como assim? Até o Felipe conhece!), esta é uma série de vlogs feitos pela minha gêmea, Elizabeth Bennet, a mocinha de Orgulho & Preconceito, um dos meus livros favoritos. Dentre todos os livros que já li na vida, acho que ela foi a personagem com quem eu mais me identifiquei, embora estejamos separadas por um par de séculos. Ops! Agora não mais. Hank Green e Bernie Su tiveram a brilhante ideia de trazê-la para os nossos dias, em vídeos de três a quatro minutos.
Meu nome é Cíntia mara, e eu estou viciada em TLBD.
TLBD é muito divertido. A Lizzie tem um humor sarcástico que certamente sua criadora, Jane Austen, teria se vivesse hoje. E é um humor inteligente, que não tenta ser engraçado, simplesmente é. Ali em seu quarto, com a ajuda da amiga Charlotte e aparições esporádicas das irmãs Jane e Lydia, ela conta como é estar solteira aos 24 anos e ter uma mãe que só pensa em casar as três filhas. Para a senhora Bennet (que pode ser apelidada carinhosamente de "Sociedade"), é inconcebível que uma pessoa solteira não esteja desesperada para se casar, e esse plot, tão atual hoje quanto em 1813, rende situações engraçadíssimas.
Uma das pérolas do primeiro episódio.
Melhores momentos:
  • Lizzie falando de Darcy: Assim como na história original, ela conhece Darcy, um homem rico, bonito, metido, arrogante e de nome feio, que recebe o seu total desprezo desde o princípio. Só que ela acaba sendo obrigada a conviver com ele em algumas ocasiões, o que me leva às gargalhadas, porque eu amo casais que vivem feito cão e gato.
  • Imitações: Como os vídeos são gravados dentro do quarto de Lizzie, nem todos os personagens aparecem de fato. Até agora, conhecemos apenas Charlotte, Jane e Lydia; os demais são representados pelas quatro. E é muito, muito engraçado. Principalmente quando Lizzie imita a mãe.
Caroline e Darcy, ops! Charlotte e Jane.
Não vou mostrar a Lizzie de sra. Bennet, porque é engraçado demais para eu privá-los da surpresa.
  • Lydia: A Lizzie moderna tem apenas duas irmãs; Mary e Kitty - que, francamente, já não faziam muita diferença na história original - foram "omitidas". Jane chega a ser cômica de tão boazinha, mas a Lydia é impagável. O legal é que ela também tem conta no Youtube e disse que em breve terá seu próprio vlog. Aguardo ansiosamente.
Piriguétchy!
Só o fato de eu assistir e fazer um post desse tamanho comentando já deveria ser motivo suficiente para todos vocês correrem pra assistir também. Recomendo não apenas para quem gosta de Orgulho & Preconceito, mas para quem quer conhecer uma história divertida protagonizada por mulheres modernas e inteligentes.

Até agora (sábado à noite, porque o post é agendado), há legendas em Português até o episódio 9; o 10 e o 11 estão legendados em inglês, e do 12 ao 16 estão sem legendas. Apesar dela falar rápido (só um pouco, não chega ao nível Gilmore de afobação), não achei complicado entender. Quem assistir tudo de uma vez, como eu fiz, ao chegar na parte sem legendas, já terá se acostumado com o jeito dela.

Saiba mais:
Assistam!
ATENÇÃO: Caso não consiga visualizar o link/formulário de comentários abaixo, por favor, clique aqui e comente pelo formulário alternativo.

39 comentários:

Luciana Mara disse...

Ei doidinha!


Sou mais alienada que o Felipe, pq eu nem sabia de NADA disso.
Vou correndo conferir. Me empolguei!!!


Bjins

Camila Araújo disse...

Alienada do youtube: só assisto vídeos por indicação dos outros.
Vou assistir na medida em que minha internet pior que a lerdeza-de-uma-lesma-e-uma-tartaruga-juntas permitir.


Pelas imagens parece ser muito bom.


Bjs.

Cíntia Mara disse...

Mais alienada que o Felipe? Socorro! hauhauauah

Cíntia Mara disse...

Eu também só assisto com indicação, não tenho paciência pra ficar procurando as coisas. Tomara que sua internet colabore :D

lizziepereira disse...

Esse vlog é totalmente viciável! Foi quase horrível para mim terminar de assistir todos os episódios que tinham disponíveis quando finalmente resolvi dar uma chance.

As imitações são fenomenais! Não tem melhor mãe Bennet do que a imitação da Lizzie. A escalação dessas atrizes foi divina, não tem outra palavra. É tão bem feito que eu já vi alguns comentários nos vídeos de gente MUITO mais alienada do que o Felipe (XDD) que realmente acham que o vlog é de verdade!!

Cíntia Mara disse...

Hahahahaha mas eles fizeram de um jeito que parece de verdade, mesmo. Os personagens têm Twitter e Facebook, interagem entre si... A Jane tem um Tumblr de moda e um Lookbook! Eu fiquei tipo "mas é claro que a Jane é blogueira de moda, como eu não pensei nisso antes?" Genial!

Eu assisti, reassisti e fiquei pensando no vazio que vai ficar quando acabar. Aí vi um comentário de um dos criadores (em algum lugar que eu não me lembro mais, de tantas páginas que visitei pra fazer o post) dizendo que eles não vão seguir a história à risca. Isso me deixou animada, porque muita coisa pode ser explorada depois do happy ending de Lizzie e Darcy. Também pensei que eles poderiam inventar um vlog pra Emma. Eu não gostei do livro, mas aquele jeito esnobe dela e as fofocas da vizinhança dariam uma série engraçada também.

*Cíntia Mara
*http://www.cintiamcr.com.br

PS: Não responda a este e-mail, vá ao blog e contribua para a discussão deixando novos comentários ;)

Em 4 de junho de 2012 11:09, Disqus escreveu:

Vanessa Soeiro Carneiro disse...

Esse vlog é muito show mesmo! Eu ri horrores com a pérola do serial killer gay. Na verdade, eu me acabo de rirr de tudo. Acho a Jane tão doce que quase enjoa. Não sabia que a Lydia também pretendia criar um vlog. To curiosa pra assistir. Como assim tem gente que pensa que é real??? o.O kkkkkkkkkkkkkkkkkk

liliansilva disse...

HAHAHA e eu entrei aqui pra ver o lance do jumpbreak inteligente (que não consegui implantar, aliás) e dei de cara com esse post. Só você pra me deixar com vontade de assistir algo relacionado a Jane Austen, mesmo. rs


Vou dar uma conferida. Adorei que ela citou Jogos Vorazes. :P

Naniedias disse...

jahahaahha adorei! Nunca tinha ouvido falar desse projeto, mas parece bem interessante - vou lá conferir =)

Cíntia Mara disse...

Não lembro onde eu vi que a Lydia quer criar um vlog, mas vai ser muito comédia, com as piriguetagens dela, huahuaha. Ela até já tem o canal, mas não tem vídeo nenhum.


Tenho uma amiga que é igualzinha à Jane! Não fisicamente, mas o jeito de falar, o jeito de sorrir, a extrema bondade etc.

Cíntia Mara disse...

Acho que mesmo quem não gosta de Jane Austen vai gostar do vlog. Principalmente se gostar de chick-lit e personagens doidas.


Precisa de ajuda com o jumpbreak? Qualquer coisa, manda e-mail que eu te dou um help à noite ;)

Cíntia Mara disse...

Depois me diz se gostou :)

Naniedias disse...

Já estou assistindo e adorando *-*

kellenbaesso disse...

Ahhhh, adorei! Vou conferir de certeza.
E ainda preciso ler Orgulho e Preconceito, ele já está lá em casa - tenho dois, aliás. Enfim, estou doida para assistir. :)

Cíntia Mara disse...

Aposto que você também vai adorar. Quem sabe não te dá um empurrãozinho pra ler o livro? =P

Mariana Santana disse...

Eu vi você falando no Facebook e fui conferir, só depois do vídeo do casamento que eu fui perceber a semelhança com orgulho e Preconceito :P (Tá escrito nas descrições dos vídeos, mas só fui ler quando já desconfiava) É realmente muito legal. Eu e minha irmã também assistimos tudo de uma vez só.

Cíntia Mara disse...

@marilalana Uai, mas você não reconheceu o nome dela? Eu só assisti por isso, queria ver minha gêmea na versão moderna =P

liliansilva disse...

Ah, vou ver e depois te conto! rs

Mando um e-mail com o código do layout pra você, pode ser? Não acho o lugar onde inserir a segunda parte do código... =S (Obrigada por se oferecer, rs).

bjs!

2012/6/4 Disqus

Raphaella disse...

Ah, todo mundo tá falando bem de TLBD. Preciso vencer a preguiça exacerbada que está me consumindo no momento. Quem sabe no feriado...

Cíntia Mara disse...

Hahaha pense que são apenas 3 minutos... Contando que você também ficará viciada e assistirá aos outros episódios sem nem lembrar da preguiça - exatamente o que aconteceu comigo =P

Jéssina Lopes disse...

É muito engraçado e totalmente viciante.
Olhei tudo de uma vez.
Os videos são postados toda semana?

Ana Ferreira disse...

Cíntia, eu sou meio alienada com séries. Logo, não conhecia "The Lizzie Bennet Diaries" e adorei a ideologia, em geral. Jane Austen não é uma das minhas autoras prediletas, mas não há como negar a inspiração que ela foi e continua a ser até hoje para as mulheres no mundo da Literatura.
Dei muita risada com essas imagens que você colocou pra acompanhar a postagem hahah
Beijo!

Aline M. Gomes disse...

Alienada detected!

Claro que vou checar agora em 3, 2, 1...

Felipe Fagundes disse...

Eu pensei em fazer um post sobre isso mas achei que todo mundo já soubesse! Mas, sinceramente, ainda bem que VOCÊ fez, porque você busca TUDO e põe todas as informações arrumadinhas. Eu não sabia dessa vida toda fora do vlog que os personagens tinham! Twitter, tumblr, Facebook! E a Jane nesse mundo da moda! Nunca que eu ia achar isso. Muito bom!

Eu morro de rir com esse vlog, é incrível as situações que eles inventam possíveis de acontecer dentro de um quarto pequeno. Gosto de todos os personagens!
Minha favorita é, sem dúvida, a Lydia (e provavelmente deve ser a favorita da maioria). Muito piriguete! Hilária! Os melhores momentos da série são dela, na minha opinião, a menina é muito louca.
E a Jane... COMO ELA CONSEGUE SER TÃO PACÍFICA??? Se eu conhecesse alguém assim ia querer esbofetear a pessoa, não ia dar certo rs

Do primeiro episódio, a cena que mais gosto é a do final, a Lydia pedindo pra Lizzie bater na mão dela kkkkk
Outros momentos que gosto é a cara da Lizzie quando a Lydia ouve a Charlotte dizendo que ela é uma "slut" Hahahah
E quando a Lydia derruba a Lizzie no chão, quando esta estava fantasiada de mãe?

- Nossa, vc é louca mesmo, deve ser falta de homem.
- É, disso vc entende

kkkkkkkkk
Enfim, amo essa série, pena que parei no 10 por causa da falta de legendas em português. Ainda vi o 10 sem as legendas, entendi, mas não completamente. Sem legenda em inglês então, nem pensar :S

Felipe Fagundes disse...

Como assim meu nome virou sinônimo de alienação? EU NÃO SABIA DISSO! :P

Felipe Fagundes disse...

Em um dos episódios a Lydia diz pra gente procurar o The Lydia Bennet Diaries! rs

Cíntia Mara disse...

Que bom! Se soubesse, seríamos obrigadas a arranjar um novo exemplo.

Cíntia Mara disse...

Ana, eu também não sou muito ligada em séries, por isso digo que, se essa me pegou, é porque é boa mesmo.
Se você gostou das imagens, também vai gostar dos vídeos :)

Beijos

Cíntia Mara disse...

E aí? Gostou? (É claro que gostou, Cíntia, todo mundo gosta!)

Cíntia Mara disse...

Eu adorei eles terem uma vida fora do vlog. Genial a Jane postando look do dia no lookbook, hahaha. A cara dela!

Adoro a Lydia, ela é a mais engraçada. Qualquer coisa é motivo pra um "high five", mas o primeiro, quando ela fica lá com a mão esperando a Lizzie bater, é realmente hilário. Mesmo assim, Lizzie será sempre minha favorita, porque ela é muito eu. Er... Uma das minhas melhores amigas é a Jane purinha e, acredite, às vezes dá vontade de esbofetear, sim hauhauha. Mas a gente não consegue, ela é tão boazinha que desarma qualquer um.

Acho que por ter visto os 16 primeiros de uma vez só, consegui entender praticamente tudo. E olha que era de madrugada, e eu estava com sono! Meu cérebro girou a chave pro inglês e deu tudo certo. Já no 17 eu não entendi quase nada e no 18 tive que assistir duas vezes. Com certeza verei de novo quando tiver legendas.

Aline M. Gomes disse...

AMEI!!!!!
Ela tem um jeito da Rory, mas fala (pelos cotovelos) como a Lorelai hahahaha
Dica ÓTIMA!!!!

Cíntia Mara disse...

É! As Bennet são tão doidas quanto as Gilmore.

Aline M. Gomes disse...

hahahaahaha morri de rir com esse Ep 20. Ly-di-a parece uma psicopata hahahahahahahha

Cíntia Mara disse...

hahahahahahaahaha também morri de rir. Tem horas que ela faz umas caras meio psicopatas, mesmo.
Ontem, no meio de uma reunião, meu chefe fez um "toca aqui". Aí eu lembrei dela com a Lizzie nos outros vídeos e precisei de uma força sobrenatural pra não rir.

Aline M. Gomes disse...

Muito bem , seu chefe da Cíntia, faça dessas coisas e depois não reclame que suas funcionárias estão tendo ataque de riso, viu?

Carissa Vieira disse...

Engraçado que eu tinha visto que existia uma conta no Tumblr, mas nunca havia visto os vídeos. Vou correr para ver.

Bjs

Cíntia Mara disse...

Menina, você tá perdendo, o negócio é bom demais! Muito divertido.
Bjos

Cíntia Mara disse...

Duas vezes por semana, às segundas e quintas :)

Lorraine Lopez disse...

A série acabou, o final foi lindo e minhas segundas nunca mais serão as mesmas sem LBD =(

Você encontra aqui...

(011)5212-3550 (6) 101 coisas em 1001 dias (10) Adaptação (8) Animação (1) Antirromance (2) Asterisco (9) Atoísmos (110) Barlow Girl (11) Belo Horizonte (5) Bem pensado (15) Blog (31) Blog diarinho (29) Blogagem coletiva (12) Bollywood (1) Bom e barato (1) Book tour (6) Brasil (2) Bíblia (16) Casting Crowns (21) Causos (6) CD (2) Chaves (5) Chick-lit (5) Cidadania (7) Cinema brasileiro (1) Cinema clássico (1) Cinema cristão (3) Cinema italiano (3) Coisas de Deus (14) Companhia das letras (3) Computação (5) Comédia romântica (16) Contemporary christian music (17) Contos (1) Cosméticos (2) Crianças (1) Crônicas (2) Curitiba (6) Datas (45) Desabafo (13) Desafio (2) Desafio Clássico (3) Desafio literário 2010 (17) Desafio literário 2011 (15) Desafio Literário 2012 (11) Deus (1) Dica (9) Dicas para blogs (10) Distopia (10) Divagando (33) Drama (3) Editora Arqueiro (3) Editora Bertrand Brasil (2) Editora Hagnos (3) Editora Novo Conceito (18) Editora Oxigênio (4) Editora Suma de Letras (2) Editora Vida (4) Editora Zahar (2) Engraçado (3) Entrevista (1) Esmaltes (1) Estudos bíblicos (4) Eu x Balança (3) Fantasia (4) Fernanda Brum (6) Ficção científica (3) Ficção cristã (56) Filmes (61) Florianópolis (2) Fotos (2) Francesca Battistelli (8) Francês (1) FTBM1Ano (1) FTBM5Anos (3) Futebol (12) Galera Record (2) Glenbrooke (9) Humor (3) Idiomas (2) Informática (6) Inglês (11) Internet (20) Italiano (2) Itália (5) Jane Austen (9) Jesus (2) José de Alencar (2) Katie Weldon Series (2) Kendrick Brothers (2) Laura Pausini (2) Listas (7) Literatura brasileira (45) Literatura clássica (7) Literatura cristã (14) Literatura francesa (1) Literatura infanto-juvenil (1) Livros (245) Língua Portuguesa (2) Maranhão (2) Meme (43) Meninices (7) Minas Gerais (6) Murphy e eu (3) My life; my bless (14) Música cristã clássica (1) Música cristã nacional (24) Músicas (167) Netiqueta (10) Nicholas Sparks (9) Niterói (2) Nordeste (2) Opinião (6) Os 4 temperamentos (2) Paula Pimenta (5) Playlist da semana (1) Playlist Temática (7) Poesia (3) Política (2) Promoção (10) Pseudo-Conto (1) Pseudo-Crônica (10) Rebecca St James (7) Reclamação (4) Relembre (6) Resgate (4) Retrospectiva 2009 (4) Retrospectiva 2012 (4) Rio de Janeiro (8) Robin Jones Gunn (27) Rock cristão (4) Romance (5) Romance histórico (11) Rádio Free (115) Sandra Byrd (3) Sisterchicks (2) Sophie Kinsella (4) São Luís (2) São Paulo (3) Série Cris (1) Série Cris e Ted nos anos da faculdade (1) Séries (24) Te conheço (9) Turismo (17) Turistando em BH (5) TV (10) Twitter (5) Utilidades (1) Viagem (26) Vinny Ásio (2) Virando a folhinha (19) Vitória (1) YA (41)

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008 | Layout por Maeva

Back to TOP  

Blog Widget by LinkWithin