Doação de sangue #2 - Eu fui

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Como eu disse no primeiro post, eu sou teimosa e queria de qualquer jeito doar sangue. Li todas as restrições no site do Hemominas e, ao contrário do que a médica do Felício Rocho me dissera, não me encaixei em nenhuma delas. Minha irmã trabalha lá e eu combinei de ir à tarde, para voltarmos juntas, pro caso de eu me sentir mal. Cheguei lá às 17:30, esperando sair às 18:40.

Eu cheguei a escrever um texto detalhado, contando cada etapa, mas ficou muito grande. Vou falar só o básico mesmo.

Pra começar, eu tenho que parabenizar à equipe do Hemominas pela estrutura e pelo tratamento que eu recebi. O local é tão organizado que eu senti como se estivesse em uma “linha de produção”. Sem contar que é tudo muito limpo e todos os funcionários com quem interagi foram muito educados e atenciosos.

Recebi as instruções, fiz a ficha, passei pela triagem, furei o dedo pra fazer exame, comi o pré-lanche e fui pra sala de doação. Foi tudo muito tranquilo. A agulhada nem doeu, o ruim mesmo é o garrote. E também é chato ficar abrindo e fechando a mão o tempo todo. Levei 6 minutos pra encher a bolsa de 400ml.

Agora vem a parte ruim... Assim que a enfermeira tirou a agulha, eu me senti mal. Senti náusea, vertigem, não sei explicar direito. Ela me deitou com a cabeça pra baixo, mas não resolveu. O médico veio, mediu minha pressão e mandou me colocarem no soro. A enfermeira custou um pouco pra conseguir uma veia que desse pra receber o soro e eu acabei recebendo um furinho extra, hehe. Acabou que o que deveria durar vinte minutos, durou uma hora.

Nisso minha irmã não aguentava mais me esperar, minha já mãe já estava louca de preocupação e eu tremia descontroladamente por causa do frio – odeio ar condicionado. Quando o soro acabou, lá pelas 20h, o médico mediu minha pressão novamente e me liberou, com mil recomendações. Não pude nem carregar a minha bolsa, Amanda teve que fazer isso por mim.

Lá fora, enquanto ela procurava saber o horário do próximo ônibus, eu senti um calor esquisito e me sentei. Dei o braço a torcer e aceitei voltar de táxi. Depois não senti mais nada, só os braços doloridos de tantos furos e apertos. No dia seguinte, eu estava com uma marca vermelha, uma verde e uma roxa. Agora só resta a roxa, da veia que ela não conseguiu pegar direito. Pessoal da igreja ficou assustado, mas eu nem ligo. (Sério mesmo, o que é um hematoma pra quem bate o joelho na cama toda noite?)

Não posso dizer que foi uma experiência maravilhosa... Eu odeio passar mal porque odeio perder tempo e odeio ter um monte de gente ao meu redor com atenção excessiva e mil perguntas desnecessárias. Mas é por uma boa causa, né? Então pretendo ser mais forte das próximas vezes, hehe.
ATENÇÃO: Caso não consiga visualizar o link/formulário de comentários abaixo, por favor, clique aqui e comente pelo formulário alternativo.

20 comentários:

Gabriel RS disse...

Tem muito tempo que estou prometendo a mim mesmo doar sangue... Espero que com o seu exemplo eu finalmente cumpra minha promessa...

flw!

mistergospel.com

Elaine Gaspareto disse...

Hihihi, tua persistência ainda te mata rsrsrs
Te cuida, hein.
Beijosss

Dana disse...

Acompanhei pelo twitter seu pós-doação, hehe. Fico feliz por vc ter conseguido, a sensação é ótima, não é msm?
Bem, talvez tenha acontecido tudo isso pelo horário, sei lá, acho que quem doa sangue merece uma tardezinha de folga do trabalho, pra ir e voltar bem relax..
Faz uma semana que não tenho tomado nenhuma medicação, portanto acho que vou dar uma chegadinha no hemobanco ^^ Depois eu conto!
Bjo e boa semana!

Paulinha disse...

Olá Cintia!

Que bom que vc finalmente conseguiu doar sangue!
Pena que vc passou mal... agora fiquei com medo de passar mal tbm... hehe

Fica com Deus.

Beijinhos.

Jes disse...

gostei da sua persistência, mostra pra vc msm q vc é forte msm estando fraca, bom exemplo pra muitas e pra mim tbm, pode ser q futuramente eu doe sangue, tenha um otimo dia.

Bjssssss

Naniedias disse...

Eu tenho que tomar coragem para poder doar sangue também >.<

Manu disse...

aaaaahhhhh, eu quero, eu quero, eu quero....mas não posso....

droga, estou mto abaixo do peso para poder doar, aqui em Manaus, o Hemoam, esta precisando mto de doadores, mas é pequena a parcela da população que se preocupa com isso.....

que bom que conseguiu, e é uma pena mesmo que tenha passado mal...

tenha uma ótima semana flor...

Mnê Lopes disse...

Cíntia, que bom que finalmente deu certo e o Brasil ganhou mais uma doadora! Eu ainda tenho muito medo, mas no final, o que é um mal estar diante de salvar uma vida?! Espero que um dia eu possa fazer o mesmo.
Bjos.

Laís Doce disse...

Como eu já disse: Agora mesmo que não querooo!!! kkkkkkk

Felipe Fagundes disse...

Gostei de ver (ler), foi até o fim!
Acho que eu ia me entediar facilmente em 6 minutos perdendo sangue.
Que chato isso de passar mal e ter que ficar mais de 2 horas no lugar. Espero que tenha ficado tudo bem mesmo.

Parabéns pela coragem! ^^

Fernanda disse...

Deus, eu sou muito fresca! Fiquei com nervoso só de ler seu post... eu acho que eu desmaiava, sério mesmo.. VINTE MINUTOS OLHANDO UMA BOLSA SE ENCHENDO COM O MEU SANGUE?!?!? Uuuuiii... nervoso, nervosoo! :S

Mas parabéns pela coragem, hehe.. queria eu! :)

Ronda disse...

Olá Cintia,
Doação de sangue é mesmo um ato muito importante.
Na última vez que doei sangue, ganhei uma bolinha dessas que a gente fica apertando durante a doação.
Dá uma sensação de realmente ter feito algo a favor do próximo.
Abraços!!

Aline M. Gomes disse...

Nossa! Já tive pressão baixa de desmaiar na rua e ir pro hospital ficar no soro, enquanto médico e enfermeiras me perguntavam se eu estava grávida AFF (eu só tinha 16 anos). Quer dizer, minha pressão normal é um pouco mais baixa do que é considerada normal.

Mas é isso aí!Digo e repito: quero ser como a bandida qdo eu crescer kkkkk

Aline M. Gomes disse...

PS: Aêêê, Não sou a única a detestar ar condicionado. Não me acostumo e fico congelando quase que literalmente. kkk

Suelen disse...

"Levei 6 minutos pra encher a bolsa de 400ml.".....
Nessa parte ai, bem nessa parte que eu daria um tiuti..Capotaria....

Eu sempre tive vontade de doar sangue, mas não posso por varios motivos. Depois desse post minha vontade até que passou, graças a Deus....hehehehe
Eu ODEIO agulhas, já chorei muito pra não ter que tomar injeção.

Ficar com uma agulha no braço por uns 20 minutos seria o fim.

Mas fico feliz por vc.
Continue doando.


Beijos

Lady Araujo disse...

Nossa Cíntia, seu esforço foi por uma excelente causa.
Aff... eu não posso com agulha. Passo vergonha toda vez que faço exame de sangue e pior é quando tem campanha de vacinação. Não posso ir sozinha... desmaio mesmo. Da última vez fiquei 2 minutos out. haha
beijos
E parabéns pela atitude.

Bruna Fernandes disse...

primeira vez q entro no blog

ameii

Dana disse...

Nossa, lendo os comentários do pessoal fiquei impressionada como realmente tem mta gente que não doa por medo (de agulha, de passar mal..). Achei bem bacana voltar aqui o ler, pq de fato eu não sabia que isso acontecia. Nunca tive medo de nd dessas coisas, e olha q em geral eu sou beeeem medrosa; creio que ter tido um filho ajudou mto nessa minha indiferença com agulhas, já que a cada 2 meses eu tinha que fazer exames de sangue. Já estava acostumadérrima..Depois volto aqui contar se consegui doar essa semana. Tô ansiosa! (isso é normal?! hahaha)

Annie Adelinne disse...

Um dia Deus há de me castigar, porque eu mereço. Engordarei 20kg de uma vez e doarei sangue hauhauhaa

Lia disse...

Cintia... sempre quis doar, recentemente teve uma campanha no trabalho e fui la...

Aconteceu o mesmo que com vc... no final eu me senti mal! Mas pretendo voltar... no final, fiquei super orgulhosa de mim..rsrs

Você encontra aqui...

(011)5212-3550 (6) 101 coisas em 1001 dias (10) Adaptação (8) Animação (1) Antirromance (2) Asterisco (9) Atoísmos (110) Barlow Girl (12) Belo Horizonte (5) Bem pensado (15) Blog (31) Blog diarinho (29) Blogagem coletiva (12) Bollywood (1) Bom e barato (1) Book tour (6) Brasil (1) Bíblia (16) Casting Crowns (21) Causos (6) CD (2) Chaves (4) Chick-lit (5) Cidadania (7) Cinema brasileiro (1) Cinema clássico (1) Cinema cristão (3) Cinema italiano (3) Coisas de Deus (14) Companhia das letras (3) Computação (5) Comédia romântica (16) Contemporary christian music (17) Contos (1) Cosméticos (2) Crianças (1) Crônicas (2) Curitiba (6) Datas (45) Desabafo (13) Desafio (2) Desafio Clássico (3) Desafio literário 2010 (17) Desafio literário 2011 (15) Desafio Literário 2012 (11) Deus (1) Dica (9) Dicas para blogs (10) Distopia (10) Divagando (33) Drama (3) Editora Arqueiro (3) Editora Bertrand Brasil (2) Editora Hagnos (3) Editora Novo Conceito (18) Editora Oxigênio (4) Editora Suma de Letras (2) Editora Vida (4) Editora Zahar (2) Engraçado (3) Entrevista (1) Esmaltes (1) Estudos bíblicos (4) Eu x Balança (3) Fantasia (4) Fernanda Brum (6) Ficção científica (3) Ficção cristã (56) Filmes (60) Florianópolis (2) Fotos (2) Francesca Battistelli (8) Francês (1) FTBM1Ano (1) FTBM5Anos (3) Futebol (11) Galera Record (2) Glenbrooke (9) Humor (3) Idiomas (2) Informática (6) Inglês (11) Internet (20) Italiano (2) Itália (5) Jane Austen (9) Jesus (2) José de Alencar (2) Katie Weldon Series (2) Kendrick Brothers (2) Laura Pausini (2) Listas (6) Literatura brasileira (45) Literatura clássica (7) Literatura cristã (14) Literatura francesa (1) Literatura infanto-juvenil (1) Livros (245) Língua Portuguesa (2) Maranhão (2) Meme (42) Meninices (7) Minas Gerais (6) Murphy e eu (3) My life; my bless (14) Música cristã clássica (1) Música cristã nacional (24) Músicas (168) Netiqueta (10) Nicholas Sparks (9) Niterói (2) Nordeste (2) Opinião (6) Os 4 temperamentos (2) Paula Pimenta (5) Playlist da semana (1) Playlist Temática (7) Poesia (3) Política (2) Promoção (10) Pseudo-Conto (1) Pseudo-Crônica (10) Rebecca St James (7) Reclamação (4) Relembre (6) Resgate (4) Retrospectiva 2009 (4) Retrospectiva 2012 (4) Rio de Janeiro (8) Robin Jones Gunn (27) Rock cristão (4) Romance (5) Romance histórico (11) Rádio Free (116) Sandra Byrd (3) Sisterchicks (2) Sophie Kinsella (4) São Luís (2) São Paulo (3) Série Cris (1) Série Cris e Ted nos anos da faculdade (1) Séries (23) Te conheço (9) Turismo (17) Turistando em BH (5) TV (9) Twitter (5) Utilidades (1) Viagem (26) Vinny Ásio (2) Virando a folhinha (19) Vitória (1) YA (41)

  © Blogger templates Newspaper by Ourblogtemplates.com 2008 | Layout por Maeva

Back to TOP  

Blog Widget by LinkWithin